6 Dicas para comprar e construir uma franquia

Se sempre quis gerir um negócio, mas a fase de arranque é demasiado difícil, deve considerar comprar uma franquia em vez disso.

O modelo de franquia funciona assim – você (o franqueado) compra os direitos de comercializar e distribuir os bens e serviços de outra empresa (o franqueador) e usar o nome de sua empresa por um determinado período de tempo.

Mais sobre os setores de franquias individuais

Franquias AutomotivasConcessionários e Distribuidores Franquias
Franquias de Beleza e SaúdeFranquias de Educação
Franquias de Serviços EmpresariaisFranquias de Moda

Porque você está essencialmente emprestando o modelo de negócio comprovado de outra empresa, o franchising pode ser uma solução muito mais segura para iniciar um novo negócio. Embora isso tenha suas vantagens, há também desvantagens para a franquia que pode não ir bem com alguns.

Portanto, antes de decidir se é certo para si, aqui estão 6 factores a considerar antes de comprar uma franquia.

Estas dicas devem ser seguidas a todo custo:

1. Procura

Como antes de iniciar um novo negócio, você deve descobrir se existe uma demanda para o produto ou serviço que você deseja oferecer. Se você comprar uma franquia no exterior, tenha cuidado para que o que vende bem em outros países não seja igualmente bem recebido.

Por isso, não aproveite a oportunidade para fazer a sua pesquisa sem ela. O potencial de expansão também deve ser considerado se você quiser desenvolver vários locais no futuro.

Dê uma olhada no histórico da empresa em franchising.

2. Registo histórico

Só porque uma empresa oferece oportunidades de franquia não significa que vale a pena usá-las. Você só deve olhar para as empresas que provaram ter sucesso no franchising do seu negócio.

Se possível, fale com os franqueados atuais sobre suas experiências para ter uma idéia clara se vale a pena investir na franquia.

3. Investimento

Um dos maiores obstáculos para comprar uma franquia é que ao contrário de começar o seu próprio negócio e investir todo o seu capital no seu negócio, uma parte significativa do seu capital inicial vai para o franqueador como taxas de formação, equipamento e direitos de licenciamento. Este valor pode variar entre alguns milhares de dólares e alguns milhões.

Olhe o que a companhia de franquia fornecerá em troca das taxas de franquia e avalie o tempo que levará para recuperar os seus custos iniciais para determinar se uma franquia é um bom investimento.

4. Concurso

Se a franquia é uma marca bem conhecida, pode já haver muitos franqueados por perto, para não falar de outras empresas concorrentes. Primeiro considere se a franquia e a indústria que você escolher é um negócio estratégico que você deve entrar, pois será difícil estabelecer se há muitos concorrentes nesse mercado.

Se o produto vendido for único, então a concorrência não será um problema. Mas para a maioria das empresas isso não será o caso.

5. Formação

Uma grande vantagem do franchising é a formação e o apoio dos franchisados. Se você não tem experiência empresarial, é aconselhável escolher uma franquia que ofereça treinamento extensivo. Alguns até mesmo oferecem suporte contínuo, mesmo que sua franquia já esteja funcionando.

Com os conselhos e treinamento corretos, as chances de que sua franquia seja bem sucedida desde o início aumentam.

6. Restrições

É muito comum os franqueadores imporem certas restrições ao funcionamento das suas franquias. Normalmente, exigem que os franqueados sigam orientações e normas que podem incluir, mas não se limitam a, ofertas de produtos, preços, horários de funcionamento e equipamento das lojas.

Então você pode ser o chefe, mas o franqueador geralmente está no controle. Se você não está confortável com este tipo de acordo, então executar uma franquia pode não ser o que você está procurando.